Dispõe sobre Vistoria do Transporte Escolar Urbano - 2º Semestre de 2016

 

 RESOLVE:

Art. 1º - Fica estabelecido o período de 04/07/2016 a 15/07/2016 para a inspeção dos veículos de categoria de aluguel, utilizados na atividade de Transporte Escolar Urbano, referente ao 2º semestre de 2016, para verificação da documentação, dos equipamentos obrigatórios, dos requisitos relacionados com a segurança veicular e o estado de conservação dos citados veículos, e demais exigências previstas para o exercício da atividade de Transporte Escolar conforme Portaria Municipal nº 008/2013.

 

Baixar Portaria MCTrans nº 28/2016

 

Só os "espertinhos" têm medo das multas.

Há algum tempo,  alguém inventou a expressão “indústria de multas”, tentando desqualificar uma ação pública das mais responsáveis: agir com rigor contra os infratores das leis de trânsito. Assim, se uma administração municipal não é tolerante com os abusos de motoristas ao volante, corre o risco de ser acusada de estar fazendo com que seus agentes multem somente para aumentar a arrecadação.

A luta contra a impunidade no trânsito é uma verdadeira guerra e, como toda guerra, é feita também com a contra-propaganda, neste caso, desencadeada por infratores acostumados com a impunidade. Portanto, a “indústria de multas” não existe. A emissão de multas é simplesmente o resultado do processo normal de penalização de motoristas que cometem infrações no trânsito.

E o administrador municipal deve ser firme e ter em mente que o rigor da fiscalização tem um aspecto altamente positivo, que se sobrepõe a todos os outros: a efetiva redução do número de mortos e feridos no trânsito, mesmo com o incremento da frota de veículos.

Texto produzido por: ANTP - Associação Nacional de Transporte Públicos.

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) definiu o tema da Semana Nacional de Trânsito para o ano de 2016 que será: “Década Mundial de Ações para a Segurança no trânsito – 2011/2020: Eu sou + 1 por um trânsito + seguro”

A frase proposta como tema acompanha a evolução das ações de campanha de educação de trânsito. O objetivo é conscientizar o cidadão comum de sua responsabilidade no trânsito, valorizando ações do cotidiano e visando a participação de todos para o alcance da segurança viária. Serão realizadas ações focadas em todos os integrantes do trânsito (pedestres, ciclistas, motociclistas, passageiros e condutores), ressaltando que cada um é responsável pelas atitudes no dia a dia e que cada um pode fazer a diferença.